Loading...

E-BOOK LIVRE ACESSO: Políticas e práticas em educação especial e inclusão escolar

8% de desconto

pagamento com boleto bancário

Parcele em até 4X sem juros

parcela mínima R$ 30,00

Loading...

Descrição

Washington Cesar Shoiti Nozu | Maria Edith Romano Siems | Mônica de Carvalho Magalhães Kassar

ISBN: 978-65-5765-067-7 | 2021

267p.

Esta coletânea é fruto de investigações, experiências e trabalho colaborativo entre grupos de pesquisa de universidades brasileiras e estrangeiras. Os autores e autoras, a partir de diferentes aportes teóricos, discutem as políticas e práticas em educação especial e inclusão escolar. No primeiro bloco, transitam entre temas centrais como políticas sociais, direitos humanos e inclusão; problematizam os conceitos de equidade, igualdade, desigualdade; analisam articulações e influências das agências nacionais e supranacionais; exploram a organização da educação especial. No segundo bloco, destacam temas relevantes do fazer pedagógico no contexto da escola inclusiva: o ensinar e o aprender, problematizações sobre práticas curriculares, atendimento educacional especializado, estratégias pedagógicas e relações entre professores-alunos. As indagações e reflexões postas têm um profundo significado em tempos sombrios para a educação especial no Brasil.

Marilda Moraes Garcia Bruno
(Professora aposentada da UFGD)

PARTE I
OLHARES SOBRE A EDUCAÇÃO INCLUSIVA E A EDUCAÇÃO ESPECIAL

CAPÍTULO I – Dimensões éticas da educação inclusiva…………………………………………….14
David António Rodrigues

CAPÍTULO II – Desenvolvimento humano e educação das pessoas com deficiência nos
documentos das políticas sociais e de direitos humanos no sistema da ONU: equidade,
funcionalidade e tecnologia………………………………………………………………………………….26
Flávia Faissal de Souza

CAPÍTULO III – Políticas de educação especial e inclusão escolar no Brasil e nos
Estados Unidos da América: plano educacional individualizado em foco…………………………………..39
Enicéia Gonçalves Mendes
Gabriela Tannús-Valadão

CAPÍTULO IV – Educação especial no Brasil: articulações entre o Centro Nacional de
Educação Especial e organismos internacionais………………………………………………………52
Ana Paula Escossia Barbosa de Souza Pereira
Andressa Santos Rebelo

CAPÍTULO V – Política de educação especial na perspectiva inclusiva: a influência de
agências supranacionais …………………………………………………………………………………….64
Michele Aparecida de Sá

CAPÍTULO VI – A emergência e a função do monitor de inclusão: um olhar sobre as
políticas oficiais…………………………………………………………………………………………………75
Any Caroliny de Abreu Ramos
Kamila Lockmann

CAPÍTULO VII – A inclusão no contexto da escola justa do estudante com deficiência
visual: igualdade, desigualdade e o desafio da equidade……………………………………………90
José Aparecido da Costa
Alexandra Ayach Anache
Eladio Sebastián-Heredero

CAPÍTULO VIII – O direito à inclusão da pessoa com altas habilidades/superdotação no
sistema educacional brasileiro: trajetória histórica, política e legal de atendimento………..104
Jeanny Monteiro Urquiza
Bárbara Amaral Martins

CAPÍTULO IX – A reestruturação da educação especial numa perspectiva inclusiva na
Baixada Fluminense………………………………………………………………………………………….117
Tamara França de Almeida Magalhães
Márcia Denise Pletsch

CAPÍTULO X – Teses e dissertações sobre educação especial com financiamento do
Observatório da Educação…………………………………………………………………………………130
Silvia Márcia Ferreira Meletti
Taísa Grasiela Gomes Liduenha Gonçalves

PARTE II
POSSIBILIDADES DE CONSTRUÇÕES NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA

CAPÍTULO XI – Sobre o ensinar e o aprender na concepção inclusiva………………………..144
José Eduardo de Oliveira Evangelista Lanuti
Maria Teresa Eglér Mantoan

CAPÍTULO XII – As diferenças da diferenciação curricular: práticas curriculares na escolarização
de alunos com deficiência intelectual da educação básica no Brasil e em Portugal…… 151
Cléia Demétrio Pereira
Geovana Mendonça Lunardi Mendes

CAPÍTULO XIII – O atendimento educacional especializado em sala de recursos multifuncionais:
problematizações sobre o currículo……………………………………………………..166
Renata da Silva Andrade Sobral
Amélia Maria Araújo Mesquita

CAPÍTULO XIV – Atendimento de alunos com deficiências sensoriais em salas de
recursos multifuncionais: uso da tecnologia assistiva……………………………………………..179
Priscila de Carvalho Acosta
Morgana de Fátima Agostini Martins
Gabriela Machado

CAPÍTULO XV – A inclusão escolar de alunos com deficiência intelectual: relações
interpessoais entre professores e alunos………………………………………………………………189
Letícia Maria Capelari Tobias Venâncio
Aline Maira da Silva
Mary Cristina Olimpio Pinheiro

CAPÍTULO XVI – Presença do profissional de apoio e segundo professor nas escolas
comuns: ponderações e questionamentos…………………………………………………………….202
Eliane de Souza Ramos
Lilia Maria Souza Barreto
Maria Isabel Sampaio Dias Baptista
Meiriene Cavalcante Barbosa

CAPÍTULO XVII – Treinamento perceptomotor como possibilidade para promover a
participação de estudantes cegos em aulas de Educação Física……………………………….214
Loiane Maria Zengo Orbolato
Manoel Osmar Seabra Junior
Maria Luiza Salzani Fiorini

CAPÍTULO XVIII – A criança com Síndrome Ehlers Danlos no contexto de ensino-aprendizagem
e relação família-escola…………………………………………………………………………227
João Henrique da Silva
Karine Aparecida Vieira Pinto
Camila Mascarenhas Pinheiro

Sobre os autores e os organizadores……………………………………………………………………238

Índice alfabético……………………………………………………………………………………………….251

Washington Cesar Shoiti Nozu
Bacharel em Direito, Licenciado em Pedagogia e Especialista em Educação pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. Especialista em Filosofia e Direitos Humanos pela AVM Faculdade Integrada. Mestre e Doutor em Educação pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Realizou Estágio de Pós-Doutorado na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. É Professor Adjunto da UFGD, compondo o quadro permanente docente dos Programas de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) e em Fronteiras e Direitos Humanos (PPGFDH). Vice-líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Inclusiva (GEPEI). Editor Associado da Revista Brasileira de Educação Especial. Foi Bolsista Pesquisador Ingressante da UFGD (2018-2019), na área de Ciências Humanas.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4755838697434676
ORCID: https://orcid.org/0000-0003-1942-0390

Maria Edith Romano Siems
Graduada em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Sorocaba. Mestre em Educação pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Doutora em Educação Especial (Educação do
Indivíduo Especial) pela Universidade Federal de São Carlos. Realizou Estágio de Pós-Doutorado em Educação pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Professora do Centro de Educação da Universidade Federal de Roraima. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Especial, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação Especial, Formação de Professores, História da Educação Especial e Inclusão.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4322158349617339
ORCID: https://orcid.org/0000-0001-5527-0065

Mônica de Carvalho Magalhães Kassar
Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual de Campinas. Mestre em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Doutora em Educação pela Universidade Estadual de
Campinas. Realizou Estágios de Pós-Doutorado na Universidad de Alcalá (Espanha), na Universidade Estadual de Campinas e na Universidade de Lisboa (Portugal). É Professora Titular pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e Pesquisadora Sênior Voluntária na mesma universidade, onde atua no Programa de Pós-Graduação em Educação, no Campus do Pantanal. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Especial. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq – Nível 2.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1429290076961055
ORCID: https://orcid.org/0000-0001-5577-6269

Alexandra Ayach Anache
Graduada em Psicologia pela Universidade Católica Dom Bosco. Mestre em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Doutora em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo. Realizou Estágio de Pós-Doutorado em Educação na Universidade de Brasília, com ênfase em Educação Especial. É Professora Titular da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Tem experiência na área de Psicologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação Especial, deficiência intelectual, educação, psicologia e educação inclusiva. Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Faculdade de Ciências Humanas da UFMS e Presidente atual da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (Gestão 2018 a 2020).
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4480521042611530
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-7937-4448

Aline Maira da Silva
Graduada em Psicologia pela Universidade Federal de São Carlos. Mestre e Doutora em Educação Especial (Educação do Indivíduo Especial) pela Universidade Federal de São Carlos. É Professora Associada da Faculdade de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). É líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação (GEPEI). Tem experiência na área de Psicologia, Educação e Educação Especial, atuando principalmente nos seguintes temas: problemas de comportamento, relação família-escola, inclusão escolar, consultoria colaborativa escolar e deficiência intelectual.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0119179612439892
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-8439-0477

Amélia Maria Araújo Mesquita
Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Pará. Mestre e Doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação do Instituto de Ciências da Educação da Universidade Federal do Pará. Realiza Estágio de Pós-Doutorado na Universidade Federal do Paraná financiado pela CAPES. É Professora Adjunta IV do Núcleo de Estudos Transdisciplinares em Educação Básica (NEB) e atua no Programa de Pós-Graduação em Currículo e Gestão da Escola Básica (PPEB/NEB/UFPA). É editora associada da Revista Brasileira de Educação Especial (RBEE) desde 2018. É vice-líder do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Currículo e Formação de Professores na Perspectiva da Inclusão (INCLUDERE) e pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Infâncias e Educação (INFANCE). Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: currículo, práticas curriculares, inclusão de alunos com deficiência na escola básica e didática.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9074927290515299
ORCID: https://orcid.org/0000-0003-4630-116X

Ana Paula Escossia Barbosa de Souza Pereira
Graduada em Matemática – Licenciatura pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – Campus Pantanal. Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – Campus do Pantanal.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6536591524163248
ORCID: https://orcid.org/0000-0001-6101-0075

Andressa Santos Rebelo
Graduada em Matemática – Licenciatura, Mestre e Doutora em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Realiza Estágio de Pós-Doutorado na Universidade Federal da Grande Dourados. É Professora Adjunta da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. É editora associada da Revista Brasileira de Educação Especial, membro representante da região Centro-Oeste na Comissão Editorial da Revista Brasileira de Educação – RBE (triênio 2020-2023), colaboradora do Grupo de Trabalho (GT 15) Educação Especial da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em políticas de Educação Especial e indicadores educacionais.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4949150813114673
ORCID: https://orcid.org/0000-0003-1873-5622

Any Caroliny de Abreu Ramos
Graduada em História – Licenciatura pela Universidade Federal do Rio Grande. Mestranda e bolsista CAPES do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande, na linha de pesquisa em Políticas Educacionais e Currículo. Coordenadora e Professora de História voluntária do Pré-Universitário Popular Fênix vinculado ao Programa de Auxílio ao Ingresso aos Ensinos Técnico e Superior (PAIETS/FURG). Integrante do Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação e In/Exclusão (GEIX/FURG/CNPq). Tem experiência na área de Educação, trabalhando com os seguintes temas: metodologias de ensino de História, utilização de tecnologias em sala de aula, história dos movimentos sociais, contextos de educação popular, inclusão escolar e políticas educacionais.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5206377442586797
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-2793-6023

Bárbara Amaral Martins
Graduada em Pedagogia pelas Faculdades Integradas de Botucatu. Especialista em Psicopedagogia na Universidade do Sagrado Coração. Mestre e Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp), Campus de Marília, com Doutorado Sanduíche na Universidade do Minho, em Portugal. Professora Adjunta do curso de Pedagogia e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campus do Pantanal (CPAN) e líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Inclusiva (GEPEI) da mesma universidade. Atua na área da Educação Especial, com ênfase nas altas habilidades/superdotação; formação docente e autoeficácia para práticas inclusivas.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2509415362736762
ORCID: https://orcid.org/0000-0003-4278-1661

Camila Mascarenhas Pinheiro
Graduada em Pedagogia pela Universidade Paulista, Campus Sorocaba. Auxiliar administrativa. Atuou como aluna educadora da Prefeitura Municipal de Sorocaba.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/7138782892121247
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-8268-683X

Cléia Demétrio Pereira
Graduada em Pedagogia pela Universidade do Sul de Santa Catarina e em Letras pela Universidade Metropolitana de Santos. Especialista em Psicopedagogia Institucional pela Faculdade Integrada de Amparo e em Ciências dos Saberes da Educação pelo Centro Universitário Barriga Verde. Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Doutora em Ciências da Educação pela Universidade do Minho. Professora do quadro permanente da Universidade do Estado de Santa Catarina, do Centro de Educação à Distância. Tem experiência na área de Educação, com ênfase no campo da Educação Especial, nos seguintes temas: políticas de educação inclusiva, serviços de atendimento educacional especializado, formação de professores e práticas curriculares.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4158706306265559
ORCID: https://orcid.org/0000-0003-2056-333X

David António Rodrigues
Professor de Educação Especial, obteve o doutoramento e o título de “Agregado” pela Universidade de Lisboa. Lecionou em universidades portuguesas e estrangeiras (Bélgica, Brasil e China) e cessou a sua carreira docente em 2015 como Professor Catedrático. Trabalhou em projetos internacionais para a UNESCO, UNICEF e Humanité & Inclusion sobre temáticas de Direitos Humanos e Inclusão Social e Educativa. É conferencista convidado em países da Europa, África, Ásia, América do Norte e do Sul. Publicou 32 livros e dezenas de artigos em revistas da especialidade. É fundador da ONG Pró-Inclusão, foi seu Presidente (2008-2020) e diretor da Revista “Educação Inclusiva”. Recebeu em 2017 o “Prémio de Excelência de Liderança Internacional” pelo Council for Exceptional Children – DISES (EUA) e em 2020 foi galardoado com a Medalha de Ouro dos Direitos Humanos pela Assembleia da República. É, desde junho de 2015, Conselheiro Nacional de Educação.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1051828849553218
ORCID: https://orcid.org/0000-0001-8946-1660

Eladio Sebastián-Heredero
Graduado em Maestro de Primera Enseñanza pela Escuela de Magisterio de Guadalajara (Espanha). Graduado em Ciências da Educação pela Universidad Complutense de Madrid Espanha). Mestre em Ciências da Educação pela Universidad Complutense de Madrid Espanha). Doutor em Educação pela Universidad de Alcalá (Espanha). Realizou Estágio de Pós-Doutorado na Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”. Professor Doutor Aposentado da Universidad de Alcalá (Espanha). É Professor Visitante Estrangeiro da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Cátedra Distinguida de Educação 2016 pelo Centro de Enseñanza Técnica y Superior (CETYS) do México. Orientador Educacional e Professor de Ensino Básico, Médio e Superior.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8492935603214109
ORCID: https://orcid.org/0000-0003-0293-4395

Eliane de Souza Ramos
Graduada em Fonoaudiologia pela Universidade São Francisco. Licenciada em Biologia pela Universidade de Franca. Mestre e Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas.
Professora. Pesquisadora do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino e Diferença (LEPED/FE/UNICAMP). Tem experiência como docente no Ensino Superior. Assessora a Secretaria Municipal de Educação de Amparo/SP há 15 anos. Pesquisa e trabalha com os seguintes temas: inclusão no ensino comum e na Educação Especial, Atendimento Educacional Especializado (AEE), Educação Bilíngue (Língua Portuguesa e Libras), alfabetização e letramento na Língua Portuguesa em turmas comuns que têm alunos considerados com surdez e ouvintes.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0519912673159899
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-8507-9103

Enicéia Gonçalves Mendes
Graduada em Psicologia pela Universidade de São Paulo. Mestre em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos. Doutora em Psicologia pela Universidade de São Paulo. Realizou Estágios de Pós-Doutorado na Université Paris V- Sorbonne (França) e na Universidade de Salamanca (Espanha). Professora Titular da Universidade Federal de São Carlos. Docente do Departamento de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Educação Especial. Coordenadora da rede de pesquisadores do Observatório Nacional de Educação Especial (ONEESP). Líder do Grupo de Pesquisa sobre Formação de Recursos Humanos em Educação Especial (GP-FOREESP). Atua na área de Educação com ênfase em Educação Especial. Bolsista Produtividade em Pesquisa 1B do CNPq.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3897627554738983
ORCID: https://orcid.org/0000-0003-3673-0681

Flávia Faissal de Souza
Licenciada em Educação Física pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Especialista em Educação Física junto a Pessoas Portadoras de Deficiência pela Universidade Federal de Uberlândia. Mestre e Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Realizou Estágio de Pós-Doutorado na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Professora Adjunta do Departamento de Formação de Professores, do Programa de Pós-Graduação em Educação, Cultura e Comunicação em Periferias Urbanas (PPGECC) e do Programa de Pós-Graduação em Educação (PROPed) da UERJ. Atualmente, coordena o Laboratório Educação e Diferenças (LED/FEBF/UERJ) e o Grupo de Pesquisa em Educação, Desenvolvimento Humano e Diferenças (GEDH/UERJ). Bolsista Prociência (FAPERJ/UERJ).
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6545543173378090
ORCID: https://orcid.org/0000-0003-0225-8358

Gabriela Machado
Graduada em Psicologia pela Universidade Federal da Grande Dourados. Especialista em Educação Infantil com ênfase em Educação Especial e Gestão pelo Centro Universitário da Grande Dourados. Mestre e Doutoranda em Educação pela Universidade Federal da Grande Dourados. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Especial (GEPES) e do Grupo de Estudo e Apoio a Profissionais e Pais de Autistas (GEAPPA).
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5244465367287414
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-7362-2332

Gabriela Tannús-Valadão
Graduada em Educação Física e Mestre em Integração de Pessoas com Deficiências, em Risco Social e Idosos pela Universidade Federal de Uberlândia. Mestre e Doutora em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Realizou Estágio de Pós-Doutorado em Educação Especial pela UFSCar. Tem experiência em Educação Especial, atuando principalmente nos seguintes temas: inclusão escolar, planejamento educacional individualizado, avaliação e colaboração (consultoria colaborativa e\ou ensino colaborativo).
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0248341559503184
ORCID: https://orcid.org/0000-0003-0158-4653

Geovana Mendonça Lunardi Mendes
Graduada em Pedagogia – Educação Especial pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Realizou Estágios de Pós-Doutorado na Universidad de San Andres, na Ashland University e na Arizona State University. É Professora Titular da Universidade do Estado de Santa Catarina. É a atual presidente da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd). Suas pesquisas e produções têm sido voltadas para área de currículo e práticas escolares, em especial, as questões relativas às mudanças, tecnologias digitais e inovações curriculares no espaço escolar, e também às práticas curriculares voltadas à inclusão de sujeitos com deficiência.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6078460594205572
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-8848-7436

Jeanny Monteiro Urquiza
Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus do Pantanal. Especialista em Metodologia do Ensino de Artes pela Faculdade de Educação São Luís. Mestra em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus do Pantanal.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9326113566894131
ORCID: https://orcid.org/0000-0003-3605-8266

João Henrique da Silva
Graduado em Filosofia pela Faculdade Católica de Pouso Alegre. Graduado em Pedagogia pelo Claretiano Centro Universitário. Mestre em Educação pela Universidade Federal da Grande Dourados. Doutor em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos. Professor Adjunto do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Tuiuti do Paraná e colaborador do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Roraima. Atua e pesquisa na área da Educação Especial, Formação de Professores, Educação Escolar Indígena e Fundamentos da Educação. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Especial e Diversidade (GEPEED).
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3440242119047858
ORCID: https://orcid.org/0000-0003-0277-0466

José Aparecido da Costa
Graduado em Pedagogia pela Universidade Católica Dom Bosco. Especialista em Metodologia de Educação Especial pela UNAES Faculdade de Campo Grande. Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. Doutorando em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. É professor da Secretaria de Educação do Estado de Mato Grosso do Sul. Gestor de ações sociais da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Ensino-Aprendizagem e Tecnologias Assistivas. Revisor do Sistema Braille.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8007030369248651
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-8603-0563

José Eduardo de Oliveira Evangelista Lanuti
Graduado em Pedagogia e em Matemática. Mestre em Educação pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”. Doutor em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. É
Professor do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus de Três Lagoas (UFMS/CPTL) e presidente da Comissão Permanente de Acessibilidade
da mesma instituição. Líder do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Inclusão (NEPI) e pesquisador colaborador do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino e Diferença (LEPED) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atua principalmente nos seguintes temas: educação inclusiva; filosofia da diferença; formação de professores e educação matemática.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8867156923137392
ORCID: orcid.org/0000-0001-6055-1494

Kamila Lockmann
Licenciada em Pedagogia com Habilitação em Supervisão e Administração Escolar (Licenciatura Plena) pela Universidade Feevale. Mestre e Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. É Professora do Instituto de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande. É editora associada da Revista Brasileira de Educação Especial. Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e In/exclusão (GEIX) e é pesquisadora integrante do Grupo de Estudo e Pesquisa em Inclusão (GEPI). Tem experiência na área de Educação, trabalhando principalmente com os seguintes temas: inclusão escolar e social, avaliação em larga escala, currículo, docência e formação de professores. Bolsista Produtividade em Pesquisa do CNPq – Nível 2.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9797494669583165
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-1993-8088

Karine Aparecida Vieira Pinto
Graduada em Pedagogia pela Universidade Paulista, Campus Sorocaba. Atualmente, cursa Licenciatura em Educação Especial pela Universidade Cidade de São Paulo. Cuidadora de crianças
com necessidades especiais. Tem experiência como estagiária de crianças com deficiência nas escolas regulares.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1102391789202124
ORCID: https://orcid.org/0000-0003-1247-9306

Letícia Maria Capelari Tobias Venâncio
Bacharela e licenciada em Psicologia pela Universidade Federal da Grande Dourados. Especialista em Saúde Mental pela Universidade Católica Dom Bosco. Mestre em Educação pela Universidade Federal da Grande Dourados. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Inclusiva (GEPEI). Atualmente trabalha como Psicóloga Escolar no Projeto Avanço do Jovem na Aprendizagem (AJA), na Escola Estadual Presidente Vargas de Dourados, Mato Grosso do Sul e atua como professora substituta na Faculdade de Educação da Universidade Federal da Grande Dourados. Têm experiência na área de Psicologia e Educação, atuando com os seguintes temas: habilidades sociais; problemas de comportamento; deficiência intelectual; inclusão escolar e saúde mental.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9165681197938766
ORCID: https://orcid.org/0000-0003-0606-9570

Lilia Maria Souza Barreto
Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal da Bahia. Especialista na área da Surdez e Deficiência Visual pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Mestre e Doutoranda em Educação pela UNICAMP. Atuou como Professora de Educação Especial/Sala de Recursos Multifuncionais e Educação de Jovens e Adultos na rede pública de educação do estado da Bahia. Está vinculada como pesquisadora ao Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino e Diferenças (LEDEP/UNICAMP). Atualmente é Professora do Atendimento Educacional Especializado no Colégio Pedro ll, Campus Tijuca I – Rio de Janeiro. Áreas de atuação: formação de professores para o ensino inclusivo, acessibilidade, ambientes colaborativos de aprendizagem, diferença e inclusão de todos.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0153189763313129
ORCID: https://orcid.org/0000-0001-6811-2090

Loiane Maria Zengo Orbolato
Licenciada em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp), Campus de Presidente Prudente, e em Pedagogia pela Universidade Nove de Julho. Especialista em Educação Especial e Inclusiva pela Universidade de Marília e em Planejamento, Implementação e Gestão em educação a Distância pela Universidade Federal Fluminense. Mestre em Educação pela Unesp, Campus de Marília. Doutoranda em Educação pela Unesp, Campus de Marília. Atua na área de Educação Física, Educação Física Adaptada, Educação Especial, Deficiência Visual, Orientação e Mobilidade e Educação à Distância. É membro do Grupo de Pesquisa em Deficiências Físicas e Sensoriais da Faculdade de Filosofia e Ciências – Unesp, Campus de Marília.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1488631177782034
ORCID: https://orcid.org/0000-0001-7396-0457

Manoel Osmar Seabra Junior
Graduado em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp). Especialista em Desenvolvimento Humano e Motricidade pela Unesp. Mestre em Educação Física e Adaptação pela Universidade Estadual de Campinas. Doutor em Educação pela Unesp. Realizou Estágio de Pós-Doutorado no The College at Brockport State University of New York (EUA). Docente do Departamento de Educação Física da Unesp (Presidente Prudente). Editor da revista Adapta. Atua na área de Educação Especial com ênfase em Atividade Motora Adaptada, Inclusão e Tecnologia Assistiva. Coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisa em Inclusão Escolar, Tecnologia Assistiva e Atividade Motora Adaptada (Gepitama).
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8039118755158155
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-8429-2180

Márcia Denise Pletsch
Graduada em Educação Especial pela Universidade Federal de Santa Maria. Mestre e Doutora em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Professora Associada do Departamento Educação e Sociedade e dos Programas de Pós-Graduação em Educação, Contextos Contemporâneos e Demandas Populares e em Humanidades Digitais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Jovem Cientista do Nosso Estado da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro e Pesquisadora do Conselho Nacional Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Editora chefe da Revista Brasileira de Educação Especial e Editora Coordenadora da Education Policy Analysis Archives (EUA) em português. Coordena o Núcleo de Acessibilidade e Inclusão da UFRRJ.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/562244029156915
ORCID: https://orcid.org/0000-0001-5906-0487

Maria Edith Romano Siems
Graduada em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Sorocaba. Mestre em Educação pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Doutora em Educação Especial (Educação do Indivíduo Especial) pela Universidade Federal de São Carlos. Realizou Estágio de Pós-Doutorado em Educação pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Professora do Centro de Educação da Universidade Federal de Roraima. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Especial, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação Especial, Formação de Professores, História da Educação Especial e Inclusão.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4322158349617339
ORCID: https://orcid.org/0000-0001-5527-0065

Maria Isabel Sampaio Dias Baptista
Graduada em Pedagogia, Mestre e Doutora em Educação na área de Ensino e Práticas Culturais pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Tem experiência profissional nas áreas da educação inclusiva, educação infantil e alfabetização. No campo da pesquisa, dedica-se ao estudo de questões voltadas à educação inclusiva; diferença e identidade; acessibilidade. Está vinculada ao Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino e Diferenças (LEPED/FE/UNICAMP). Pertence ao grupo Todos Nós em Rede (TNR); rede inédita para a formação continuada de professores em educação inclusiva (https://tnr.nied.unicamp.br/). Atualmente, coordena dois grupos de estudo sobre inclusão com professores do ensino regular.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6560725608301913
ORCID: https://orcid.org/0000-0003-1747-1557

Maria Luiza Salzani Fiorini
Graduada em Licenciatura Plena em Educação Física pela Unesp – Bauru. Mestre e Doutora em Educação pela Unesp – Marília. Realizou Estágio de Pós-Doutorado na Unesp – Marília. É docente da Faculdade de Ensino Superior do Interior Paulista (FAIP). Atuou como professora substituta na Unesp – Marília em 2017. É Coeditora da Revista da Associação Brasileira de Atividade Motora Adaptada e Editora Associada da Revista Brasileira de Educação Especial. Tem experiência nas áreas de Educação Física e Educação Especial, e desenvolve projetos de pesquisas relacionados à Tecnologia Assistiva e formação de professores de Educação Física no contexto da inclusão escolar de alunos com deficiência e alunos com transtorno do espectro autista. É membro do Grupo de Pesquisa Deficiências Físicas e Sensoriais (DefSen).
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6147381720599787
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-9336-2136

Maria Teresa Eglér Mantoan
Graduada em Pedagogia, Mestre e Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). É Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNICAMP. Coordenadora do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino e Diferença (LEPED) da UNICAMP. É Oficial da Ordem Nacional do Mérito Educacional – reconhecimento a sua contribuição à educação brasileira. Dedica-se, nas áreas de pesquisa, docência e extensão, ao direito incondicional de todos os alunos à educação escolar de nível básico e superior de ensino.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1568940831784716
ORCID: orcid.org/0000-0002-4607-9880

Mary Cristina Olimpio Pinheiro
Bacharela e licenciada em Psicologia pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Especialista em Análise do Comportamento Aplicada (ABA) ao Atendimento da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista pela Faculdade Iguaçu. Mestre e Doutoranda em Educação pela UFGD. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Inclusiva (GEPEI) da UFGD. Experiências na área de Psicologia e Educação Especial, atuando principalmente com os temas: Habilidades Sociais; Análise do Comportamento; Deficiência Intelectual; Autismo; e Inclusão Escolar. Atualmente é professora convidada para ministrar aulas nos cursos de pós-graduação do Grupo Rhema Educação.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6065396435260409
ORCID: https://orcid.org/0000-0001-6342-3404

Meiriene Cavalcante Barbosa
Graduada em Comunicação Social (Jornalismo) pela Faculdade Cásper Líbero. Mestre e Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Membro do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino e Diferenças (LEDEP/UNICAMP). Foi repórter e editora de diversas revistas da área de Educação. Atuou como consultora do Ministério da Educação e como coordenadora geral de projetos de inclusão da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida (SMPED) de São Paulo. É pesquisadora, formadora de educadores e consultora para a implementação de políticas de educação inclusiva. Coordena regionalmente o Fórum Nacional de Educação Inclusiva no Sudeste.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2435398207376599
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-4133-3835

Michele Aparecida de Sá
Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal da Grande Dourados. Graduada em Letras/Inglês pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. Mestre em Educação pela Universidade Federal da Grande Dourados. Doutora em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos. Professora Adjunta da Universidade Federal de Minas Gerais. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em: Educação Especial, atuando principalmente nos seguintes temas: interface entre a Educação Especial na Educação Escolar Indígena; deficiência visual.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2546430357201057
ORCID: https://orcid.org/0000-0001-8076-8383

Mônica de Carvalho Magalhães Kassar
Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual de Campinas. Mestre em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Realizou Estágios de Pós-Doutorado na Universidad de Alcalá (Espanha), na Universidade Estadual de Campinas e na Universidade de Lisboa (Portugal). É Professora Titular pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e Pesquisadora Sênior Voluntária na mesma universidade, onde atua no Programa de Pós-Graduação em Educação, no Campus do Pantanal. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Especial. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq – Nível 2.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1429290076961055
ORCID: https://orcid.org/0000-0001-5577-6269

Morgana de Fátima Agostini Martins
Graduada em Psicologia e Especialista em Desenvolvimento e Processos de Ensino e Aprendizagem pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp), Campus de Bauru. Mestre e Doutora em Educação Especial pela Universidade Federal da São Carlos. Realizou Estágio de Pós-Doutorado na Universidad de Buenos Aires. É Professora Associada da Universidade Federal da Grande Dourados. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Especial (GEPES). Coordenadora do Laboratório de Desenvolvimento Infantil e Educação Especial. Tem experiência na área de Educação Especial e Psicologia, atuando nos seguintes temas: Educação Especial, Autismo, Desenvolvimento Infantil e Orientação a Famílias e Profissionais no atendimento de Crianças com Deficiências e Autismo.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9425072594458947
ORCID: https://orcid.org/0000-0001-9117-1320

Priscila de Carvalho Acosta
Graduada em Psicologia pela Universidade Federal da Grande Dourados. Especialista em Transtorno do Espectro do Autismo e as contribuições da Análise do Comportamento Aplicada (ABA) pela Faculdade Iguaçu. Mestre e Doutoranda em Educação pela Universidade Federal da Grande Dourados. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Especial (GEPES). Atua como responsável técnica de um núcleo multiprofissional para o atendimento de crianças com atraso no desenvolvimento.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0851050632475383
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-3233-0720

Renata da Silva Andrade Sobral
Graduada em Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade Federal do Pará. Especialista em Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva pela Faculdade Integrada Brasil Amazônia. Mestre em Educação Básica pela Universidade Federal do Pará. Atualmente ocupa o cargo de Professora do Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, Classe DI, Nível 1, na Universidade Federal do Pará. É vice-líder do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Aprendizagens e Práticas Pedagógicas Inclusivas (GEPAPPI) e participa como pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Currículo e Formação de Professores na perspectiva da Inclusão (INCLUDERE). Possui experiência na área de Educação, com ênfase na Educação Especial e inclusiva.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0818454215932105
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-2861-9062

Silvia Márcia Ferreira Meletti
Graduada em Psicologia pela Universidade Metodista de Piracicaba. Mestre em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos. Doutora em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo. Realizou Estágio de Pós-Doutorado na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atualmente é Professora Associada C do Departamento de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Coordenadora do GT15 – Educação Especial da ANPED (2015/17 – 2017/19). Bolsista de Produtividade em Pesquisa 2 CA-ED CNPq. Tem experiência nas áreas de Educação com ênfase em Educação Especial, atuando nos seguintes temas: Educação Especial, política educacional, educação escolar e indicadores educacionais.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4044682958808055
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-6853-6667

Taísa Grasiela Gomes Liduenha Gonçalves
Graduada em Pedagogia e Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Doutora em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos. Realizou Estágio de Pós-Doutorado na UEL. Atualmente é Professora Adjunta da Faculdade de Educação (FaE) do Departamento de Ciências Aplicadas à Educação (DECAE) e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação Especial, Educação de Jovens e Adultos (EJA), Educação do Campo e Indicadores Educacionais.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5621711552244157
ORCID: https://orcid.org/0000-0001-5589-584X

Tamara França de Almeida Magalhães
Graduada em Letras pela Universidade Estácio de Sá e em Pedagogia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Mestre em Educação pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Doutoranda em Educação, Contextos Contemporâneos e Demandas Populares pela UFRRJ. Atualmente é técnica em assuntos educacionais da UFRRJ e integrante da Comissão de Apoio do Núcleo de Acessibilidade e Inclusão (NAI) desta instituição e professora na Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4857015394540696
ORCID: 0000-0003-2679-8770

Washington Cesar Shoiti Nozu
Bacharel em Direito, Licenciado em Pedagogia e Especialista em Educação pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. Especialista em Filosofia e Direitos Humanos pela AVM Faculdade Integrada. Mestre e Doutor em Educação pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Realizou Estágio de Pós-Doutorado na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. É Professor Adjunto da UFGD, compondo o quadro permanente docente dos Programas de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) e em Fronteiras e Direitos Humanos (PPGFDH). Vice-líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Inclusiva (GEPEI). Editor Associado da Revista Brasileira de Educação Especial. Foi Bolsista Pesquisador Ingressante da UFGD (2018-2019), na área de Ciências Humanas.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4755838697434676
ORCID: https://orcid.org/0000-0003-1942-0390

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “E-BOOK LIVRE ACESSO: Políticas e práticas em educação especial e inclusão escolar”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *