Loading...

Administração pública 4.0: na visão delas

R$84,70 R$72,00

8% de desconto

pagamento com boleto bancário

Parcele em até 4X sem juros

parcela mínima R$ 30,00

Parcelamento
1x de R$72,00 sem jurosR$72,00
2x de R$36,00 sem jurosR$72,00
Loading...

Descrição

Adriana Schier | Cristiana Fortini | Lígia Melo | Vanice Valle

ISBN: 978-65-5765-103-2 | 2022

Peso: 0,300g

260p.

“Há muito pouco tempo, mulheres advogadas atuam como formadoras de opinião na área jurídica promovendo eventos, escolhendo suas palestrantes, bem como as pessoas que querem homenagear, notadamente no Brasil, país marcado pela desigualdade e discriminação e que teve uma legislação machista e conservadora que perdurou mesmo após, na parte referente ao Direito de Família, ao advento do Código Civil Brasileiro de 1916. Não obstante haja ainda muita desigualdade de gênero, a ideia de uma democracia plural surge no horizonte não como sonho ou utopia, mas como um mundo possível se as minorias se unissem para assegurar seus Direitos. A leitura deste livro instigante é obrigatória a todos aqueles que trabalham na área jurídica e que, portanto, terão que viver nesse mundo novo digital, admirando ou não os avanços tecnológicos que vieram para ficar.”

Weida Zancaner

OS DESAFIOS DEMOCRÁTICOS NA CONCRETIZAÇÃO DO GOVERNO
DIGITAL NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA FEDERAL: ENTRE A EFICIÊNCIA
E A PARTICIPAÇÃO POPULAR……………………………………………………………………….. 21
Raquel Cavalcanti Machado | Isabelly Cysne
1 Introdução…………………………………………………………………………………………………. 21
2 Do governo eletrônico ao governo digital: o controverso
fortalecimento da new public management……………………………………………… 22
3 O princípio da eficiência no governo digital…………………………………………….. 28
4 Os desafios para a concretização do pilar da participação social no
governo digital…………………………………………………………………………………………… 32
5 Conclusão………………………………………………………………………………………………….. 37
Referências …………………………………………………………………………………………………….. 38

A MANIFESTAÇÃO DE VONTADE DO ESTADO ENTRE A INTELIGÊNCIA
HUMANA E A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL: O ATO ADMINISTRATIVO DO
PRESENTE E AS DÚVIDAS DO FUTURO……………………………………………………….. 43
Theresa Christine de Albuquerque Nóbrega
1 Introdução…………………………………………………………………………………………………. 43
2 Integração na gestão digital e a administração da partilha ………………………. 46
3 A expedição de atos administrativos manifestados com o apoio de IA…. 49
4 A construção do ato administrativo diante conduções de IA…………………. 51
5 Conclusão ………………………………………………………………………………………………… 56
Referências …………………………………………………………………………………………………….. 57

APONTAMENTOS SOBRE O SERVIÇO PÚBLICO DIGITAL………………………… 63
Dinorá Adelaide Musetti Grotti
1 Introdução…………………………………………………………………………………………………. 63
2 A chamada “Lei do Governo Digital” na esfera dos serviços públicos…… 63
3 Princípios e diretrizes para a implementação do processo de mudança
nos serviços públicos ……………………………………………………………………………….. 66
4 Conclusão………………………………………………………………………………………………….. 69
Referências …………………………………………………………………………………………………….. 70

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: VIESES E
A AGENDA DE DIREITOS HUMANOS ………………………………………………………….. 73
Vanice Lírio do Valle | Erika Alcantara Pinto
1 Introdução…………………………………………………………………………………………………. 73
2 Algoritmos e inteligência artificial: um acordo semântico ………………………. 75
3 Vieses e inteligência artificial: como e onde eles podem se
manifestar………………………………………………………………………………………………….. 77
4 Direitos humanos e ferramenta enviesada: uma conciliação
possível………………………………………………………………………………………………………. 81
5 Conclusão: uma agenda para reflexão futura…………………………………………… 85
Referências …………………………………………………………………………………………………….. 85

ECONOMIA DIGITAL E REGULAÇÃO NO BRASIL……………………………………… 87
Ana Cristina Aguilar Viana | Vivian Cristina Lima Lopez Valle
1 Introdução ………………………………………………………………………………………………… 87
2 A economia digital…………………………………………………………………………………….. 88
3 Regulação na economia digital………………………………………………………………….. 92
4 Conclusão………………………………………………………………………………………………….. 95
Referências …………………………………………………………………………………………………….. 95

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 4.0 E A REFORMA
ADMINISTRATIVA…………………………………………………………………………………………….. 99
Cristiana Fortini | Marjorie Wanderley Cavalcanti
1 Introdução…………………………………………………………………………………………………. 99
2 Administração Pública 4.0………………………………………………………………………..100
3 A Reforma Administrativa – PEC n. 32/2020………………………………………….101
3.1 Principais alterações no serviço público……………………………………………103
3.2 Novos princípios da Administração Pública………………………………………105
4 Análise preliminar da Reforma Administrativa ………………………………………109
4.1 A Reforma Administrativa e a eficiência do Serviço Público ……………110
4.2 Os novos princípios da Administração Pública e a Reforma
Administrativa…………………………………………………………………………………….112
5 Conclusão…………………………………………………………………………………………………113
Referências …………………………………………………………………………………………………..115

O AVANÇO DA TENTATIVA DE IMPLEMENTAÇÃO DO ESTADO MÍNIMO
NO BRASIL: O DISCURSO, ENTRE TEXTOS E CONTEXTO, POR TRÁS DA
PROPOSTA DE REFORMA ADMINISTRATIVA – PEC 32 …………………………….117
Caroline Müller Bitencourt
1 Introdução ……………………………………………………………………………………………….117
2 O neoliberalismo para muito além de uma teoria econômica: os
desafios à democracia………………………………………………………………………………118
3 O Estado de bem-estar social e o contragolpe neoliberal: quem o
Estado social ameaça?………………………………………………………………………………124
4 Brasil da PEC 32: “apesar de termos feito, tudo que fizemos” ……………..130
5 Conclusão…………………………………………………………………………………………………135
Referências ……………………………………………………………………………………………………136

A LEI N. 14.133, DE 2021, E A POSSIBILIDADE DE IMPLEMENTAÇÃO
DO E-MARKETPLACE PARA COMPRAS PÚBLICAS ……………………………………139
Carolina Zancaner Zockun | Gabriela Zancaner Bandeira de Mello
1 Introdução………………………………………………………………………………………………..139
2 Exigências para aquisição de bens e serviços comuns ……………………………140
3 Marketplace digital……………………………………………………………………………………142
3.1 Plataforma própria ou de terceiros……………………………………………………144
4 Credenciamento na Lei n. 14.133, de 2021…………………………………………….145
5 Credenciamento como possibilidade para um e-Marketplace ……………….148
6 Conclusão…………………………………………………………………………………………………151
Referências ……………………………………………………………………………………………………151

PLANEJAMENTO DAS CONTRATAÇÕES À LUZ DA NOVA LEI DE
LICITAÇÕES ……………………………………………………………………………………………………..153
Julieta Mendes Lopes Vareschini
1 Introdução………………………………………………………………………………………………..153
2 Importância do planejamento………………………………………………………………….155
3 Plano de contratações anual ……………………………………………………………………159
4 Conclusão…………………………………………………………………………………………………161
Referências ……………………………………………………………………………………………………162

A INOVAÇÃO E O PRINCÍPIO DA LEGITIMIDADE DE PROPÓSITO
COMO MECANISMO DE EFETIVAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO
SUSTENTÁVEL NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 4.0…………………………………..163
Adriana da Costa Ricardo Schier | Mirela Miró Ziliotto
1 Introdução: a inevitável e necessária adoção de soluções inovadoras
no âmbito da Administração Pública ………………………………………………………163
2 Inovação e Administração Pública 4.0……………………………………………………..164
3 Inovação e garantia de direitos fundamentais…………………………………………169
4 Consequências da utilização da inovação na perspectiva de sua
vinculação à proteção dos direitos fundamentais para efetivação
do desenvolvimento sustentável ……………………………………………………………..172
5 Conclusão…………………………………………………………………………………………………180
Referências ……………………………………………………………………………………………………181

DIREITO À CIDADE INTELIGENTE NO BRASIL: PERSPECTIVAS
E DESAFIOS………………………………………………………………………………………………………187
Maria Fernanda Pires de Carvalho Pereira | Renata Vaz Marques Costa Rainho
1 Introdução………………………………………………………………………………………………..187
2 O que são cidades inteligentes?……………………………………………………………….188
3 Cidades inteligentes no Brasil………………………………………………………………….192
4 Conclusão…………………………………………………………………………………………………197
Referências ……………………………………………………………………………………………………198

CIDADES INTELIGENTES PARA GARANTIA DO DIREITO À
CIDADE: UM DESAFIO NA AGENDA DA ADMINISTRAÇÃO
PÚBLICA 4.0……………………………………………………………………………………………………..201
Lígia Maria Silva Melo de Casimiro | Giulia De Rossi Andrade | Letícia Oliveira Gondim
1 Introdução………………………………………………………………………………………………..201
2 Direito à cidade e a noção de cidades inteligentes…………………………………204
3 A Quarta Revolução Industrial e a evolução tecnológica na
mobilidade urbana ……………………………………………………………………………………208
4 Conclusão…………………………………………………………………………………………………215
Referências ……………………………………………………………………………………………………216

CIDADES 4.0: UMA REFLEXÃO A PARTIR DOS ESPAÇOS
INSTITUCIONAIS E PROCESSOS PARTICIPATIVOS COM FOCO
NA CARTA BRASILEIRA PARA CIDADES INTELIGENTES ………………………….221
Aline Sueli de Salles Santos
1 Introdução………………………………………………………………………………………………..221
2 As cidades inteligentes na administração pública federal………………………..222
3 A Carta Brasileira para Cidades Inteligentes e seu processo de elaboração…..225
4 Conclusão…………………………………………………………………………………………………228
Referências ……………………………………………………………………………………………………229

O DÉFICIT DO ACESSO AO DIREITO À CIDADE SUSTENTÁVEL:
SERVIÇOS PÚBLICOS UNIVERSAIS E INFRAESTRUTURA URBANA
IGUALITÁRIA. É EFETIVAMENTE POSSÍVEL (IMPLANTAR) A CIDADE
INTELIGENTE NO BRASIL ……………………………………………………………………………..231
Karina Houat Harb
1 Introdução………………………………………………………………………………………………..231
2 Cidades sustentáveis: o que são e por que há déficit de acesso a esse
direito no Brasil?………………………………………………………………………………………231
3 É possível a implantação das cidades inteligentes no Brasil, cuja
viabilidade depende de vultosos investimentos do Estado, quando
existe déficit de moradia, saneamento básico, transporte/mobilidade
urbana e outros serviços públicos? …………………………………………………………233
4 Como as cidades inteligentes podem contribuir para a efetivação do
direito às cidades sustentáveis? ……………………………………………………………….235
5 Conclusão…………………………………………………………………………………………………240
Referências ……………………………………………………………………………………………………241

A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E A PROTEÇÃO DOS DIREITOS
HUMANOS……………………………………………………………………………………………………….243
Regina Maria Macedo Nery Ferrari
1 Introdução………………………………………………………………………………………………..243
2 Inteligência artificial………………………………………………………………………………….245
2.1 Aplicação…………………………………………………………………………………………….245
3 Conclusões ……………………………………………………………………………………………..252
Referências ……………………………………………………………………………………………………252

ÍNDICE ALFABÉTICO ……………………………………………………………………………………..253

Adriana da Costa Ricardo Schier
Professora de Direito Administrativo do Centro Universitário do Brasil – Unibrasil. Pós-Doutora pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Doutora e Mestre em Direito do Estado pela Universidade Federal do Paraná. Presidente da Comissão de Serviços Públicos do Instituto Brasileiro de Direito Administrativo. Vice-Presidente do Instituto Paranaense de Direito Administrativo. Membro do Conselho Científico do Instituto de Direito Romeu Felipe Bacellar. Membro da Comissão de Gestão Pública da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Paraná. Pesquisadora no Grupo de Estudos Direito Administrativo e Estado Sustentável (DAES). Advogada especializada em Direito Público.
E-mail: adrianacrschier@uol.com.br

Cristiana Fortini
Professora da Universidade Federal de Minas Gerais e da Faculdade Milton Campos. Visiting Scholar na Universidade George Washington (EUA). Professora visitante na Universidade de Pisa. Vice-Presidente do IBDA. Advogada. Ex- Controladora Geral e ex-Procuradora Geral Adjunta de Belo Horizonte.
E-mail: cristiana@carvalhopereirafortini.adv.br

Lígia Maria Silva Melo de Casimiro
Professora de Direito Administrativo e Legislação Urbano Ambiental da Universidade Federal do Ceará – UFC, nos cursos de Direito e Arquitetura e Urbanismo. Doutora em Direito Econômico pela PUC/PR. Presidente do ICDA, Diretora do IBDA e Coordenadora regional do IBDU.
E-mail: meloligia@gmail.com

Vanice Regina Lírio do Valle
Professora. Visiting Fellow junto ao Human Rigths Program da Harvard Law School. Pós-doutorado em Administração pela EBAPE/FGV. Doutora em Direito pela Universidade Gama Filho. Procuradora do Município do Rio de Janeiro.
E-mail: vanicevalle@gmail.com

Adriana da Costa Ricardo Schier
Professora de Direito Administrativo do Centro Universitário do Brasil – Unibrasil. Pós–Doutora pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Doutora e Mestre em Direito do Estado pela Universidade Federal do Paraná. Presidente da Comissão de Serviços Públicos do Instituto Brasileiro de Direito Administrativo. Vice-Presidente do Instituto Paranaense de Direito Administrativo. Membro do Conselho Científico do Instituto de Direito Romeu Felipe Bacellar. Membro da Comissão de Gestão Pública da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Paraná. Pesquisadora no Grupo de Estudos Direito Administrativo e Estado Sustentável (DAES). Advogada especializada em Direito Público.
E-mail: adrianacrschier@uol.com.br

Aline Sueli de Salles Santos
Professora de Direito Administrativo na Universidade Federal do Tocantins (UFT). Doutora em Direito pela UnB e mestre pela Unisinos. Especialista em Direito Administrativo pelo IDP/Brasília. Ex-conselheira da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça.
E-mail: alinesalles@uft.edu.br

Ana Cristina Viana
Doutoranda em Direito na Universidade Federal do Paraná e na Paris 1 Panthéon.Sorbonne. Advogada e professora. E-mail: anacristina_av@hotmail.com

Carolina Müller Bitencourt
Professora de Direito Constitucional e Administrativo no PPGD da UNISC/RS. Pós-doutora em Direito pela PUC/PR. Mestre e doutora em Direito, com ênfase em políticas públicas. Advogada. E-mail: carolinemb@unisc.br

Carolina Zancaner Zockun
Professora de Direito Administrativo na PUC/SP (São Paulo-SP, Brasil). Pós-doutora em Democracia e Direitos Humanos pelo Centro de Direito Humanos da Universidade de Coimbra, em Portugal. Mestre e doutora em Direito Administrativo pela PUC/SP. Procuradora da
Fazenda Nacional. E-mail: czockun@pucsp.br

Cristiana Fortini
Professora da Universidade Federal de Minas Gerais e da Faculdade Milton Campos. Visiting Scholar na Universidade George Washington (EUA). Professora visitante na Universidade de Pisa. Vice-Presidente do IBDA. Advogada. Ex-Controladora Geral e ex-Procuradora Geral Adjunta de Belo Horizonte. E-mail: cristiana@carvalhopereirafortini.adv.br

Dinorá Adelaide Musetti Grotti
Professora aposentada da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Ex-procuradora do Município de São Paulo. Mediadora/Conciliadora/Árbitra. Advogada. Doutora e Mestre em Direito do Estado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Especialista em Direito Civil pela Universidade de São Paulo. E-mail: mugrotti@uol.com.br

Erika Alcantara Pinto
Doutoranda em Direito pela UFRJ. Mestre em Direito. Especialista em Direito Civil e Administração Estratégica. Advogada. Professora Visitante da Pós-graduação de Direito Público da UNESA. E-mail: erika.alcantara@adv.oabrj.org.br

Gabriela Zancaner Bandeira de Mello
Professora de Direito Constitucional e de Fundamentos de Direito Público na PUC/SP (São
Paulo-SP, Brasil). Especialista em Direito Processual Civil pela PUC/SP. Mestre em Direito Constitucional pela PUC/SP. Doutoranda em Direito Constitucional pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Advogada. E-mail: gabriela@zancaneradv.com.br

Giulia De Rossi Andrade
Mestra em Direito Econômico e Desenvolvimento pela Pontifícia Universidade Católica do
Paraná. Diplôme Supérieur de l’Université – Droit Administratif pela Paris II, Panthéon-Assas. Especialização em Direito Administrativo pelo Instituto de Direito Romeu Felipe Bacellar. Membro do IPDA – Instituto Paranaense de Direito Administrativo. Tesoureira da Red Iberoamericana Juvenil de Derecho Administrativo. Advogada no Escritório Bacellar & Andrade – Advogados Associados. E-mail: giuliaderossi@uol.com.br.

Isabelly Cysne Augusto Maia
Professora Universitária e coordenadora do Curso de Direito do Centro Universitário Christus (Campus Parquelândia). Doutoranda e Mestre pelo Programa de Pós Graduação em Direito da Universidade Federal do Ceará. Especialista em Direito Administrativo pela PUC-MG. Advogada. E-mail: isabellycysne@gmail.com

Julieta Mendes Lopes Vareschini
Professora da Universidade Católica de Santa Catarina. Coordenadora de cursos de especialização em Licitações e Contratos. Mestre em Direito Público. Vice-Presidente do Grupo JML. Membro do Instituto Paranaense de Direito Administrativo. E-mail: julieta.vareschini@jmlgrupo.com.br

Karina Houat Harb
Professora do curso de graduação em Direito da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS) e da Pós-Graduação em Direito Administrativo e Público Lato Sensu da COGEAE/PUCSP, EBRADI e da Escola Superior da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo. Mestre e Doutora em Direito Administrativo pela PUC/SP. Advogada. Assessora de Controle Externo do TCMSP. E-mail: karinaharb@uol.com.br

Letícia Oliveira Gondim
Graduanda em Direito pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Pesquisadora do Grupo Altera (UFC). Membro da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) do Ceará. Membro do Projeto Escala. Estagiária na Defensoria Pública da União. Email: leticiaogondim@gmail.com

Lígia Maria Silva Melo de Casimiro
Professora de Direito Administrativo e Legislação Urbano Ambiental da Universidade Federal do Ceará – UFC, nos cursos de Direito e Arquitetura e Urbanismo. Doutora em Direito Econômico pela PUC/PR. Presidente do ICDA, Diretora do IBDA e Coordenadora regional do IBDU. E-mail: meloligia@gmail.com

Maria Fernanda Pires de Carvalho Pereira
Professora de Direito Administrativo e Urbanístico. Doutora em direito público pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Mestre em direito administrativo pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais. Presidente do Instituto Mineiro de Direito Administrativo – IMDA. Advogada e sócia do Carvalho Pereira, Fortini Advogados. E-mail: fernandapires@carvalhopereirafortini.adv.br

Marjorie Wanderley Cavalcanti
Professora. Pós-graduada em Direito Processual pelo IEC/PUC Minas. Pós-graduada em Direito Empresarial pela FGV. Mestra em Direito nas Relações Econômicas e Sociais pela Faculdade de Direito Milton Campos. Advogada. E-mail: marjcavalcanti@gmail.com

Mirela Miró Ziliotto
Professora. Mestre em Direito Econômico e Desenvolvimento pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Especialista em Direito Administrativo pelo Instituto Romeu Felipe Bacellar Filho. Advogada e sócio do Pironti Advogados. E-mail: mirela.z@pirontiadvogados.com

Raquel Ramos Machado
Mestre em Direito (Direito e Desenvolvimento) pela Universidade Federal do Ceará e doutora em Direito pela Universidade de São Paulo. Advogada. Ex chefe do departamento de Direito Público da Universidade Federal do Ceará por dois mandatos. Professora da Universidade Federal do Ceará, na graduação e pós graduaçao (mestrado e doutorado). Visiting Research Scholar da Wirtschaft Universistat Vienna (2015 e 2016). Professora pesquisadora convidada da Faculdade de Direito da Universidade Paris Descartes (2017). Professora pesquisadora convidada da Faculdade de Direito da Universidade de Firenze (2018). Coordenadora do grupo de pesquisa e extensão Ágora, educação para a cidadania: denúncia e esperança. Membro do Instituto Cearense de Direito Eleitoral (ICEDE). Membro da Comissão de Direito Eleitoral da OAB. Coordenadora da Área Acadêmica da Transparência Eleitoral Brasil. Membro da ABradepe.

Renata Vaz Marques Costa Rainho
Doutoranda e Mestre pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), da linha de pesquisa “Administração Pública e Desenvolvimento Estratégico”. Advogada e consultora jurídica especialista em Direito Administrativo, com atuação sobretudo em infraestrutura e Direito Administrativo sancionatório. Certificada CPC-A e CP³P-F. E-mail: renatavmcosta@gmail.com

Regina Maria Macedo Nery Ferrari
Primeira professora em Direito Constitucional da Universidade Federal do Paraná. Mestre em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Doutora em Direito pela Universidade Federal do Paraná. Membro do Instituto Brasileiro de Direito Administrativo. Membro do Instituto Brasileiro de Direito Constitucional. E-mail: reginanferrari@gmail.com

Theresa Christine de Albuquerque Nóbrega
Mestre e Doutora em Direito Público pela Universidade Federal de Pernambuco. Pós-doutoranda pela Externado de Bogotá. Professora de Direito Administrativo e Coordenadora do LLM (Master of Laws) em Regulação e Infraestrutura da Universidade Católica de Pernambuco – UNICAP, Coordenadora do GEDA – Grupo de Estudos em Direito Administrativo. Associada fundadora da ABRADADE, Conselheira do Instituto dos Advogados do Estado de Pernambuco – IAP, Presidente da Comissão de Direito do Terceiro Setor da OAB-PE, Membro da Comissão de Direito da Infraestrutura da OAB-PE, Presidente do Instituto de Infraestrutura e Energia IFRAE. Advogada. E-mail: theresanobrega@hotmail.com

Vanice Regina Lírio do Valle
Professora. Visiting Fellow junto ao Human Rigths Program da Harvard Law School. Pós-doutorado em Administração pela EBAPE/FGV. Doutora em Direito pela Universidade Gama Filho. Procuradora do Município do Rio de Janeiro. E-mail: vanicevalle@gmail.com

Vivian Cristina Lima López Valle
Doutora e mestre em Direito do Estado pela Universidade Federal do Paraná. Professora Titular de Direito Administrativo da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Diretora Acadêmica do Instituto Paranaense de Direito Administrativo. Membro do Conselho Científico do Instituto de Direito Romeu Felipe Bacellar. Membro da Comissão de Gestão Pública da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Paraná. Professora Pesquisadora no Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas e Desenvolvimento – NUPED da PUCPR. Coordenadora Geral do Curso de Direito da PUCPR. Advogada especializada em Direito Público. E-mail: vivian@vivianvalle.com.br

Weida Zancaner
Professora de Direito Administrativo aposentada da PUC de São Paulo. Especialista e Mestre em Direito Público. Procuradora Aposentada do Tribunal de Contas de São Paulo. Advogada. E-mail: weizanban@gmail.com

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Administração pública 4.0: na visão delas”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *